ENREDO

As jornadas de 6 imigrantes ao longo de 2 anos. Napuli, ativista política deixa o Sudão do Sul através da Uganda até a Alemanha; nascida no Saara Ocidental, Tarcha foge para a Algéria em 1975 e vive em campo de refugiados; a síria Dana sai da Turquia para o Brasil e está desesperada para se reunir com a família no Canadá; Bruno, de Togo, vive há 9 anos em campos na Alemanha e, legalizado, ajuda outros refugiados desde então; Nizar, um Sírio-Palestino, em sua jornada do Brasil, via Cuba, à Europa, onde espera receber refúgio e levar sua família; e Lahtow e Mahka, de Kachin, Mianmar, deixaram as suas casas devido a conflitos militares.

FICHA TÉCNICA

EXODUS – DE ONDE EU VIM NÃO EXISTE MAIS
Exodus – Where I Come From is Disappearing
ALEMANHA, 2017
Direção/RToteiro: HANK LEVINE
Narração: Wagner Moura e Jule Bowe
Fotografia: Yuri Salvador/Klaus Betzl
Montagem: Katja Sringenberg
Música: Hauschka
Documentário
1h 45min
Livre
02Play

O FILME E O DIRETOR

Filmado na Algéria, na parte do Saara Ocidental liberada pelos Sahrauis, Sudão do Sul, Quênia, Haiti, Brasil, Alemanha, China, Myanmar, Estado Kachin e Cuba, com narração por Wagner Moura e Jule Bowe. Um retrato dramático e íntimo de histórias de refugiados de diferentes partes do mundo sob ótica humanista, expondo o economicismo, xenofobia e exclusão sob as quais os refugiados são tratados. Produção da 02Play de Hank Levine e Fernando Meireles (e mais 4 parceiros internacionais), realizadores de Cidade de Deus (2002), Lixo Extraordinário (2010) e Praia do Futuro (2015). Alemão radicado no Brasil, Levine estreia na direção de longa.

A PALAVRA DE HANK

ESCOLHI UMA LINGUAGEM POÉTICA E FILOSÓFICA, UM OLHAR OBSERVADOR EM LONGOS PLANOS, DEIXANDO AS COISAS ACONTECER EM FRENTE DA CÂMERA, COM O OBJETIVO DE PERMITIR TEMPO PARA O ESPECTADOR CONHECER OS VÁRIOS LUGARES E SITUAÇÕES, NA MAIORIA TÃO DISTANTES DA NOSSA REALIDADE, PARA REFLETIR E SENSIBILIZAR, EMOCIONAR. INDIVIDUALIZAR E HUMANIZAR ESTAS PESSOAS, SERES, REFUGIADOS, FOI A MINHA MAIOR MOTIVAÇÃO PARA FAZER ESTE FILME, E NINGUÉM MELHOR PARA CONTAR UMA HISTORIA DO QUE QUEM A VIVE. DANDO VOZ PARA ELAS/ELES, DEIXANDO ELAS/ELES CONTAR AS SUAS EXPERIÊNCIAS, SEUS PENSAMENTOS E SENTIMENTOS, SEM A MINHA INTERVENÇÃO COMO DIRETOR
Hank Levine, produtor e cineasta

TRAILER

YOUTUBE

FOTOS

CIDADES E HORÁRIOS

ESTREIA EM 28 DE SETEMBRO

DE SEGUNDA A SEXTA-FEIRA – 19h30
SÁBADOS E DOMINGOS – 14h

RECIFE
CINÉPOLIS GUARARAPES SHOPPING

SALVADOR
CINÉPOLIS BELA VISTA

CRÍTICA ESTRANGEIRA

O FILME ESTÁ INÉDITO EM TODO O MUNDO

CRÍTICA BRASILEIRA

CRÍTICAS SERÃO POSTADAS APÓS A ESTREIA NOS CINEMAS