ENREDO

EUA, anos 50. Amigos desde à infância, Robin Cavendish e Diana, após um namoro de contos de fadas, se casam. Apaixonados e com um filho, a felicidade é interrompida quando, aos 28 anos, ele é paralisado pela poliomielite. Diagnosticado com apenas 3 meses, o amigo e inventor Teddy Hall (Bonneville), com a ajuda de irmãos de Diana, cria um respirador artificial atrelado a uma cadeira de rodas na qual ele vai superando os prognósticos médicos.

FICHA TÉCNICA

BREATHE
INGLATERRA, 2017
Diretor: ANDY SERKIS
Roteiro: William Nicholson, baseado na história de Robin Cavendish
Elenco: Andrew Garfield, Claire Foy, Hugh Bonneville, Tom Hollander
Fotografia: Robert Richardson
Montagem: Masahiro Hirakubo
Música: Nitin Sawhney
Drama baseado em fatos reais
117 minutos
Diamond Filmes
12 anos
Diamond Filmes

O FILME E O DIRETOR

Drama baseado na história de Robin Cavendish (1930-94), produzida por seu filho, Jonathan, e com roteiro de William Nicholson, 70, indicado ao Oscar por Terra das Sombras (1993) e Gladiador (2000). Cavendish superou superou os prognósticos médicos e dedicar-se com a mulher e o cientista Teddy Hall à criação de cadeiras de rodas, entidades filantrópicas e até hospital para atender as pessoas com deficiência. Serkis, 54, o Golum de O Senhor dos Anéis, estreia na direção e acaba de filmar e o novo “remake” de O Livro da Selva (1918), agora em pós-produção.

AS PALAVRAS DE ANDY

NÓS JÁ FILMAMOS O LIVRO DA SELVA, E ENQUANTO MONTAMOS A SÉRIE DE FILMES, HAVIA ESSE ROTEIRO QUE ELE TROUXE À MESA E EU LI EM UMA NOITE E O ACHEI TÃO EXTRAORDINÁRIO. ACHEI TÃO EMOCIONAL E CHOREI MUITO. WILLIAM NICHOLSON ESCREVEU ESTE ÓTIMO ROTEIRO E CONTEI A JONATHAN QUE, EMBORA ESTIVÉSSEMOS MAIS NA MINHA LINHA DE DIRIGIR ANIMAIS, EU REALMENTE QUERIA DIRIGIR ESSE ROTEIRO (…). COMEÇAMOS A TRABALHAR NO PROJETO E O QUE MAIS OBJETIVEI FOI A IDEIA DE QUE TANTO ROBIN QUANTO DIANA ERAM PIONEIROS EXTRAORDINÁRIOS
Andy Serkis, cineasta e ator

TRAILER

YOUTUBE

FOTOS

CIDADES E HORÁRIOS

EM EXIBIÇÃO
JUNDIAÍ
DE SEGUNDA, 18, A QUARTA-FEIRA, 20 – 19h30
CINÉPOLIS JUNDIAÍ SHOPPING

ESTREIA EM 28 DE DEZEMBRO
SÃO LUÍS
DE SEGUNDA A SEXTA-FEIRA – 19h30
SÁBADOS E DOMINGOS – 14h
CINÉPOLIS SÃO LUÍS SHOPPING – SALA 2

CRÍTICA ESTRANGEIRA

ESTE É UM FILME QUE SE ELEVA ACIMA DOS TUMULTOS. ELE INSPIRA DA MELHOR MANEIRA, EM GRANDE PARTE PORQUE É BASEADO EM UMA HISTÓRIA VERDADEIRA
Bruce Demara, Toronto Star/EUA

UMA RAZÃO PARA VIVER EVITA CAIR NA ARMADILHA DE SER UM FILME DE “PROBLEMA” OU DE UM TEARJERKER MANIPULADOR SOBRE UM HERÓI COM UMA DOENÇA FATAL. EM VEZ DISSO, MUITO PARECIDO COM DIANA, O FILME ESTÁ DETERMINADO A COLOCAR UM ROSTO CORAJOSO NA SITUAÇÃO DE ROBIN E ENFATIZAR O POSITIVO
Rob Thomas, Capital Times/EUA

O SEU É UM CONTO NOTÁVEL DE COMPROMISSO, PAIXÃO E SERVIÇO, COM SERKIS PROVANDO QUE ELE É MAIS DO QUE CAPAZ DE FAZÊ-LO A JUSTIÇA APROPRIADA
Travis Hopson, Punch Drunk Critics/EUA

UMA RAZÃO PARA VIVER É UMA HISTÓRIA BONITA E SEMI-INSPIRADORA SOBRE O AMOR VERDADEIRO E SUPERAR QUALQUER OBSTÁCULO QUE SEJA POSTO EM SEU CAMINHO, MAS HÁ UM FILME MELHOR ENTERRADO LÁ
Robin Clifford, Reeling Reviews/EUA

APENAS RECOMENDO ESTE FILME. HISTÓRIA INSPIRADORA. UMA ÓTIMA PERFORMANCE DE CLAIRE FOY
Gary Wolcott. Tri-City Herald/EUA

UMA RAZÃO PARA VIVER É UMA HISTÓRIA INSPIRADORA BEM CONTADA
Richard Roeper, Chicago Sun Times/EUA