ENREDO

EUA, 1959. Suburbicon é uma comunidade pacífica, idílica e suburbana com casas acessíveis e gramados bem cuidados – o lugar perfeito para criar uma família, e neste verão, a família Lodge está fazendo exatamente isso. A casa de Gardner (Damon) é invadida e ele e sua família vivem momentos de terror. É quando vem a superfície uma realidade perturbadora, o que o obriga Gardner Lodge a navegar na escuridão escura entre traição, engano e violência.

FICHA TÉCNICA

SUBURBICON
EUA, 2017
Direção: GEORGE CLOONEY
Roteiro: Clooney/Ethan e Joel Coen/Grant Heslow
Elenco: Matt Damon, Julianne Moore, Oscar Isaac, Glenn Fleshler e Ellen Crawford
Fotografia: Robert Elswitt
Montagem: Stephen Mirrione
Música: Alexandre Desplat
Comédia
105 minutos
16 anos
Diamond Filmes

O FILME E O DIRETOR

Sexto longa dirigido por George Clooney, 56, realizador de Confissões de uma Mente Perigosa (2002), Boa Noite e Boa Sorte (2005) e Tudo Pelo Poder (2011), entre outros. O roteiro de Joel e Ethan Coen passou de um caso de traição conjugal para o drama de uma família negra que tenta se inserir em uma comunidade de brancos – por sua vez baseada em uma história real. Clooney fez novas mudanças enquanto filmava em função da eleição de Donald Trump. E Woody Harrelson, comprometido com outros projetos, teve de recusar o papel.

A PALAVRA DE CLOONEY

(…) ESTÁVAMOS GRAVANDO EM UM BAIRRO MUITO RACIALMENTE DIVERSIFICADO EM FULLERTON, CALIFÓRNIA, E TINHAMOS CERCA DE 350 EXTRAS QUE DIRIGIRIAM MUITOS INSULTOS RACIAIS (NA FAMÍLIA NEGRA), E COM ÊNFASE. COISA QUE QUALQUER SER HUMANO DECENTE NÃO DIRIA. ENTÃO, DISSE A TODOS: “OK, VAMOS FAZER ALGO REALMENTE HORRÍVEL, E VAMOS NOS SENTIR TERRÍVEIS”. E TODOS OS QUE ESTAVAM LÁ, OS ATORES, A EQUIPE, TODOS, TODOS NOS SENTIMOS DOENTES QUANDO NÓS ESTÁVAMOS FAZENDO ISSO. ESTAS ERAM COISAS QUE REALMENTE ACONTECERAM, E ERA DOENTIO REFAZER ISSO. EU ACHO QUE ESSE FOI O ATO MAIS DIFÍCIL DE FILMAR
George Clooney, cineasta

TRAILER

YOUTUBE

FOTOS

CIDADES E HORÁRIOS

EM EXIBIÇÃO
FORTALEZA
DE SEGUNDA A SEXTA-FEIRA – 19h30
SÁBADOS E DOMINGOS – 14h
CINÉPOLIS RIOMAR PAPICU

A SEGUIR

RIBEIRÃO PRETO
CINÉPOLIS SANTA ÚRSULA

SÃO LUÍS
CINÉPOLIS SÃO LUÍS SHOPPING

CRÍTICA ESTRANGEIRA

ESTA É UMA EXPLORAÇÃO AVANÇADA DOS LADOS CLAROS E ESCUROS DA CULTURA AMERICANA, FORNECENDO INTELIGENTEMENTE UMA MENSAGEM ABRASADORA
Rich Cline, Contactmusic/EUA

À MEDIDA QUE A HISTÓRIA SE TORNA CADA VEZ MAIS PUNGENTE, ELE JOGA COM DIFERENTES REGISTROS DE REALISMO, APROFUNDA AS SOMBRAS E ESTREITA O SEU FOCO, USANDO CLOSE-UPS FECHADOS E TODOS OS ÂNGULOS PARA ENCAIXAR OS PERSONAGENS
Manohla Dargisoct, The New York Times/EUA

É UM FILME QUE ENCAMINHA O PÚBLICO E O MANTÉM PRESO
Owen Gleiberman, Variety/EUA

SUBURBICON É UMA PEÇA SÓLIDA E AGRADÁVEL
Fionnuala Halligan, Screen International/EUA

CLOONEY E HESLOV ADICIONARAM UMA VERTENTE SEPARADA, FAZENDO COM QUE ESTE DRAMA FUNCIONASSE UMA MUDANÇA DUPLA, ATACANDO O PRECONCEITO PÓS-GUERRA DOS ESTADOS UNIDOS
Peter Bradshaw, The Guyardian/Inglaterra

CRÍTICA BRASILEIRA

CLOONEY DESFAZ A SANTIDADE HIPÓCRITA DA CLASSE MÉDIA BRANCA DOS EUA… por NATALIA BRIDI

REVELAÇÕES SOBRE O RACISMO por MARIA CAROLINA TREVISAN