ENREDO

Max (Jean-Pierre Bacri), um organizador de eventos por 30 anos, está prestes a realizar um grande casamento, mas acredita que tudo irá correr como o planejado. A equipe da festa, que será em um imponente castelo do século XVII, já foi selecionada por ele: garçons, cozinheiros, fotógrafo e músicos. Mas o que ele não imagina é que, em uma noite repleta de emoções, algumas coisas saiam do controle.

FICHA TÉCNICA

C’EST LA VIE /LE SENS DE LA FÊTE
FRNÇA, 2017
Direção/Roteiro: ERIC TOLEDANO E OLIVIER NAKACHE
Elenco: Jean-Pierre Bacri, Jean-Paul Rouve, Gilles Lellouche, Eye Haidara e Suanne Clèment
Fotografia: David Chizallet
Montagem: Dorian Rigal-Ansous
Música: Avishai Cohen
Comédia
116 minutos
14 Anos
Paris Filmes

O FILME E O DIRETOR

Um dos sucessos da 41ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, sexto trabalho da dupla Eric Toledano, 46, Oliver Nakache, 44, realizadores dos sucessos Intocáveis (2011) e Samba (2014). O papel do personagem Max foi escrito especialmente para Jean-Pierre Bacri, principal colaborador da cineasta Agnes Jaoui como roteirista e ator, nos filmes O Gosto dos Outros (2000), Questao de Imagem (2004), Enquanto o Sol não Vem (2008), Além do Arco-Iris (2013) e ainda no inédito Place Publique (2018), os quais dissecam a burguesia francesa e exaltam a classe trabalhadora e as família como os sustentáculos da sociedade francesa.

A PALAVRA DE NACACHE E TOLEDANO

DEPOIS DO SAMBA, QUERÍAMOS VOLTAR AOS NOSSOS FUNDAMENTOS: UMA COMÉDIA INSPIRADA PELO QUE TÍNHAMOS EXPERIMENTADO COM NOSSOS TRABALHOS ESTRANHOS (ANTES DE SE TORNAREM CINEASTAS). NESTE CASO, ESSES CASAMENTOS ONDE TRABALHAMOS COMO GARÇOM E FOTÓGRAFO. NOVAMENTE, TODAS AS ANEDOTAS DO FILME SÃO VERDADEIRAS (Nakache). NO SENTIDO DA FESTA, ENCONTRAMOS NOSSO GOSTO EM MISTURAR OPOSTOS. INCLUINDO AS FAMÍLIAS DOS ATORES. ESTE FILME SIMBOLIZA NOSSO CINEMA. SEM O ESPÍRITO DE UMA CAPELA E COM A MESMA GULA COMO, QUANDO CRIANÇAS, BRINCÁVAMOS DE CARRINHO E CONVIDÁVAMOS OS AMIGOS A NOS JUNTAREM A NÓS. O TÍTULO RESUME O NOSSO CINEMA: SENTIR O QUE NOS TOCA ENQUANTO NOS DIVERTIMOS (Toledano)

TRAILER

YOUTUBE

FOTOS

CIDADES E HORÁRIOS

BREVE

FORTALEZA
CINÉPOLIS RIOMAR PAPICU

JOÃO PESSOA
CINÉPOLIS MANAIRA SHOPPING

NATAL
CINÉPOLIS NATAL SHOPPING

RECIFE
CINÉPOLIS GUARARAPES

RIBEIRAO PRETO
CINÉPOLIS SANTA ÚRSULA

CRÍTICA ESTRANGEIRA

CO-DIRETORES E ROTEIRISTAS ERIC TOLEDANO E OLIVIER NAKACHE (INTOCÁVEIS) PUXAM OUTRO TRUQUE MÁGICO DA CARTOLA COM UMA BRISA IMPLACAVELMENTE PLANEJADA DE BOM HUMOR, ASSIM É A VIDA!
Fionnuala Halligan, Screen International

UM FILME METICULOSAMENTE ELABORADO QUE EXALA HUMOR E HUMANIDADE
Fabien Lemercier, Cineuropa

A COLABORAÇÃO MAIS RECENTE ENTRE OLIVIER NAKACHE E ERIC TOLEDANO É COMO UM BOM CHAMPANHE DE CASAMENTO – BORBULHANTE, DIVERTIDO COM UMA EXCELENTE ESTRUTURA E UM TOQUE DE COMPLEXIDADE QUE O DEIXA NO ALTO (…) NO FINAL, VOCÊ NÃO TEM MAIS NADA ALÉM DE RIR E SE LEVANTAR E APLAUDIR
Amber Wilkinson, Eyefor Film/Inglaterra

UMA COMÉDIA COM UM ASSUNTO CONVENCIONAL, MAS NARRADA DE UM PONTO DE VISTA ABSOLUTAMENTE ORIGINAL
Marzia Gandolfi, MyMovies/Itália

CRÍTICA BRASILEIRA

A GRANDE COMÉDIA DO ANO… por DAVI GONÇALVES
FAZENDO RIR DE NÓS MESMOS… por HELVÉCIO CARLOS
COMÉDIA SÉRIA SINÔNIMO DE RISOS E DIVERSÃO… por GIOVANNI RIZZO