ENREDO

Itália, 1973. John Paul Getty III, 16 anos (Charlie Plummer) é sequestrado e, desesperada, sua mãe, Gail (Michelle Williams), tenta convencer o seu avô bilionário, John Paul Getty (Christopher Plummer), a pagar o resgate. Mas ele se recusa e as ameaças e a violência dos sequestradores se tornam cada vez mais voláteis e brutais. Frio, manipulador e mesquinho, Getty encarrega o ex-espião Fletcher Chase (Mark Wahlberg), de sua confiança, a missãode descobrir os sequestradores – e não pagar a conta.

FICHA TÉCNICA

ALL THE MONEY IN THE WORLD
EUA, 2018
Direção: RIDLEY SCOTT
Roteiro: David Scarpa, baseado no livro de John Pearson
Elenco: Christopher Plummer, Michelle Williams, Mark Wahlberg, Romain Durys e Timothy Hutton
Fotografia: Darius Wolski
Montagem: Claire Simpson
Música: Daniel Pemberton
Drama verídico
132 minutos
16 anos
Diamond

O FILME E O DIRETOR

Baseado no livro homônimo de John Pearson (em lançamento no Brasil pela Harper Collins BR em 28 de fevereiro), conta detalhadamente a recusa do magnata do petróleo John Paul Getty (1892-1986) em pagar o resgate de US$ 17 milhões de dólares pela libertação do neto. A produção custou 50 US$ milhões e Ridley Scott, 80, substituiu o ator Kevin Spacey (da série House of Cards) pelo veterano Christopher Plummer, 87, de Memórias Secretas (2015), quando as denúncias de assédio sexual estouraram contra ele.

A PALAVRA DE SCOTT

EU TINHA TERMINADO O FILME E JÁ NO ESTÚDIO ABBEY ROAD, NO REINO UNIDO, FAZENDO OS AJUSTES FINAIS NA TRILHA SONORA. FOI ALI QUE (…) SENTEI PARA PENSAR E CHEGUEI À CONCLUSÃO DE QUE NÃO PODERÍAMOS SEGUIR EM FRENTE ASSIM. NÃO POSSO TOLERAR NENHUM TIPO DE COMPORTAMENTO DESSA NATUREZA E ISSO AFETARIA O FILME. EU NÃO PODERIA DEIXAR QUE AS ATITUDES DE UMA PESSOA AFETASSEM O BOM TRABALHO DE TODOS OS DEMAIS, QUE SE ENTREGARAM A ESSE PROJETO. FOI SIMPLES ASSIM
Ridley Scott, cineasta

TRAILER

YOUTUBE

FOTOS

CIDADES E HORÁRIOS

ÚLTIMA SEMANA EM EXIBIÇÃO

SALVADOR
DE SEGUNDA A SEXTA-FEIRA – 19h30
SÁBADOS E DOMINGOS – 14h
CINÉPOLIS BELA VISTA – SALA 5

CRÍTICA ESTRANGEIRA

TODO O DINHEIRO DO MUNDO EMERGE LINDAMENTE COMO SUSPENSE. PORÉM APESAR DE UM SEQUESTRO SER O PRINCIPAL EVENTO DA NARRATIVA, UM SIGNIFICADO AINDA MAIS SÓRDIDO APARECE QUANDO A ANALISAMOS ENQUANTO TRAGÉDIA FINANCEIRA
Monohla Dargis, The New York Times/EUA

A POLÊMICA POR TRÁS DAS CÂMERAS SERÁ TEMPORARIAMENTE O FOCO DA DISCUSSÃO EM TORNO DO FILME, PORÉM O CONJUNTO DA OBRA NÃO VAI DEMORAR A EMERGIR COMO UM DOS MELHORES FILMES DE 2017
Richard Roeper, Chicago Sun Times/EUA

COM A AJUDA DA TREMENDA INTERPRETAÇÃO DE CHRISTOPHER PLUMMER COMO VILÃO AUTOCRATA, RIDLEY SCOTT NOS DÁ UMA INTERESSANTE PARÁBOLA SOBRE AQUILO QUE O DINHEIRO PODE OU NÃO COMPRAR
Peter Bradshaw, The Guardian/Inglaterra

CRÍTICA BRASILEIRA

UM OLHAR SEM PRECONCEITO… por LUIZ CARLOS MERTEN

REFLEXÃO SOBRE A PECULIARIDADE DO MUNDO DOS MUITO RICOS… por NEUSA BARBOSA

TIO PATINHAS AO VIVO… por Robledo Milani